sábado, 29 de novembro de 2014

Justo & injusto...









O remanejamento da disputa da Copa do Brasil para o segundo semestre do ano, trouxe mais emoção ao calendário do futebol brasileiro.

Mas, em casos específicos como o do Cruzeiro que decidiu concomitantemente os dois títulos, o retardamento não pareceu justo.

Não fosse o espírito esportivo dos cruzeirenses presentes ao Mineirão na última quarta-feira, o campeão brasileiro por pontos corridos, bicampeão com duas rodadas de antecipação, poderia ter saído de campo vaiado.

Simplesmente porque perdeu para o rival a final da Copa do Brasil – coincidentemente, vejam vocês, três dias após ter liquidado a fatura no principal campeonato do país...

REVISÃO.

Aliás, dez anos após a adoção dos pontos corridos, já era hora de a CBF rever critérios que, a esta altura, renovariam o fôlego dos torcedores.

O primeiro, promovendo o "mata-mata" decisivo entre os vencedores de dois grupos, onde os clubes se enfrentariam em sistema de pontos corridos.

No turno, entre si; e no returno com o cruzamento dos grupos.

E o outro ajuste na fórmula do rebaixamento.

É hora de se reduzir pela metade o número dos rebaixados, ou de adotar medidas semelhantes ao do campeonato argentino.

Por lá, o índice que aponta os clubes que caem à divisão inferior vem da média de pontos nos últimos três anos.

Seria tão emocionante quanto justo.


Fonte: Blog do Gilmar Ferreira


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/11/justo-injusto.html

PV aposta em Arena lotada pela torcida do Flamengo









Em seu último jogo como mandante no Campeonato Brasileiro, o Flamengo decidiu levar a partida contra o Vitória, às 21h, para Manaus, na Arena Amazônia. Mesmo longe do Rio de Janeiro, o goleiro Paulo Victor acredita no estádio cheio de torcedores rubro-negros.

"Isso é Flamengo. Por onde passamos sempre somos recebidos pelo nosso torcedor. Não tenho dúvidas de que o estádio estará lotado mais uma vez. Queremos vencer para retribuir este carinho", disse o goleiro ao site do clube.

Na nona colocação do Brasileirão, com 48 pontos, o Flamengo está livre do rebaixamento e não tem chances de conquistar uma vaga na Copa Libertadores. Já o Vitória está na luta contra a degola. O time baiano está na Z-4, na 17ª posição, com 38 pontos.


Fonte: O Dia


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/11/pv-aposta-em-arena-lotada-pela-torcida-do-flamengo.html

Adryan encanta Leeds, e chefes dão dura se não recebe bola.









Figura carimbada em quase todas as categorias de base da seleção brasileira. Títulos internacionais com a camisa verde e amarela e prêmio de craque em um dos torneios. Tudo isso somado ao desempenho acima da média nas equipes de formação do Flamengo fizeram o garoto Adryan ser considerado uma das maiores joias do futebol nacional.

Foi comparado a Zico pelo tradicional jornal italiano La Gazzetta dello Sport e entrou em lista do tabloide inglês Daily Mirror como um dos jovens mais promissores do futebol mundial. A expectativa e ansiedade criadas dentro da Gávea para que a revelação despontasse rapidamente foram tantas que Adryan estreou precocemente pelo profissional aos 16 anos.

No entanto, depois de 48 jogos em quase três anos, o jogador não correspondeu e perdeu espaço no clube, sendo incluído em uma lista de dispensas. Com contrato até 2016 com o time carioca, foi emprestado no Cagliari, da Itália, no início deste ano. Não foi foi o solo italiano que o fez despontar. Sofreu com uma lesão no joelho direito e quase não jogou.

A mesma Inglaterra cuja imprensa o reverenciou acabou por acolhê-lo. Adryan está agora emprestado até maio do ano que vem no Leeds United, um dos gigantes do país, mas que há muitos anos sofre com campanhas ruins e hoje disputa a segunda divisão.

O jovem, hoje com 20 anos, busca um recomeço e conta que está cheio de moral com o treinador do time, Neil Redfeardn, e com o presidente, Massimo Cellino. Ambos tratam o ex-flamenguista como uma estrela e depositam muita confiança de que possa estourar por lá. O atacante revela que o treinador dá até bronca quando os companheiros não passam a bola quando Adryan está bem posicionado.


Fonte: UOL


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/11/adryan-encanta-leeds-e-chefes-dao-dura-se-nao-recebe-bola.html

Bandeira cita importância de pessoas responsáveis no CODE.









Curtir

Arquivo do blog

As mais votadas no diHITT

Parceiros

Meus amigos no diHITT