sábado, 14 de junho de 2014

Retirada dos ingressos para Inglaterra x Itália tem atraso.









O único local definido pela Fifa para a retirada de ingressos do jogo deste sábado, entre Itália e Inglaterra, em Manaus, foi a sala da entidade localizada no Centro de Convenções dos Povos da Amazônia, que viveu um dia caótico.

"Isso deveria ter uma melhor organização. Vou seguir esperando o tempo que for e retirar logo todos os meus ingressos para a Copa", disse o londrino Sam, que chegara ao estádio às 7h junto com dois amigos, Mark e David. Os três carregavam grandes mochilas e suavam demais com o calor e a umidade de Manaus. O trio tinha ingressos para três jogos em Manaus e também para a final.

"Iremos ficar no Amazonas durante os próximos dias. Depois, seguiremos para o Rio de Janeiro e ficaremos por lá para ver a decisão. Aqui em Manaus é a minha única chance de ver a Inglaterra", disse Sam.

Desde as primeiras horas da manhã, as pessoas começaram a se aglomerar na entrada. A fila demorou para ser feita pelos organizadores e, mesmo quem havia agendado a retirada, estava sem informações sobre como proceder. Os torcedores se revoltaram com a confusão e com o atraso para a abertura dos guichês e máquinas eletrônicas. Afinal, o início estava previsto para 9h no horário de Brasília (8h de Manaus) e por volta da das 10h a fila já contava com cerca de 250 pessoas - bom número era de ingleses.

Paulo Maurício, que usava uma camisa do Flamengo, lamentava ser um dos últimos da fila. "Estão falando que a retirada é rápida, mas tenhos as minhas dúvidas. Deveria ter vindo aqui no início da semana, mas deixei tudo para a última hora, como bom brasileiro. Tenho de me contentar em perder a manhã na fila para ver o jogão", completou.

Fonte: Terra


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/06/Retirada-ingressos-Inglaterra-Italia-atraso.html

Jogadores da Béligca batem boca em treino.









O treino da manhã deste sábado da seleção da Bélgica, em Mogi das Cruzes, teve briga: Mirallas, meia, e Lukaku, atacante, tiveram discussão acalorada durante a prática. Detalhe: eles jogam no mesmo time na Inglaterra, no Everton.

Segundo a imprensa belga, Mirallas reclamou de Lukaku em um lance e o atacante respondeu secamente. Outros jogadores tiveram que separá-los após gritos de ambos os lados começarem.

Marc Wilmots, técnico da "geração belga", tentou minimizar a briga ao brincar com o ocorrido após o treino:  "Se tivesse sido verdadeiro, o árbitro poderia ter dado cartão vermelho."

Mirallas briga por vaga na equipe titular, enquanto Lukaku é nome quase certo no time que deve entrar em campo contra a Argélia, na próxima terça-feira, no Mineirão – primeira partida de ambas as seleções no Grupo H da Copa.

Fonte: UOL


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/06/Jogadores-Belgica-batem-boca-treino.html

Espanha treina em clima de velório após goleada para Holanda.









Os treinos da Espanha costumavam ser animados, festivos, barulhentos. Costumavam... Depois da goleada de 5 a 1 para a Holanda na estreia na Copa do Mundo de 2014, algo mudou. A expressão dos jogadores foi outra neste sábado, em Curitiba, na primeira atividade pós-atropelo. Eles pareciam estar em um velório, tamanho seu abatimento.

As brincadeiras, os sorrisos, as atividades quase infantis que marcavam os treinos dos campeões do mundo foram substituídos por caras fechadas, seriedade e até gestos que denotam manifestações de consolo – como o abraço do lateral-esquerdo Jordi Alba no meia Iniesta, seguido de uma caminhada com a mão em seu ombro. O silêncio no CT do Caju teve algo de fúnebre. Ali parecia jazer o time que tanto encantou o mundo.

Não por acaso, o sujeito mais animado no treino era o técnico Vicente del Bosque. Ficou evidente o esforço dele para colocar os jogadores para cima. Sentado em um banco, conversou com atletas como Casillas e Xavi, dois dos piores na derrota de Salvador. O treinador sorria, tinha aspecto leve, enquanto os atletas seguiam taciturnos.

A Espanha, apesar do ambiente pesado, não está nada morta, e o treino serviu também para iniciar a preparação para o jogo contra o Chile, quarta-feira, no Maracanã. Os jogadores que começaram a partida contra a Holanda fizeram apenas atividades físicas: aquecimento, uma leve corrida e alongamento.

Já os reservas trabalharam com bola: movimentações curtas, passes, lançamentos em meio campo e depois cruzamentos. Em seguida, os atletas participaram de atividade recreativa – um bate-bola informal. Alguns deles podem virar titulares contra o Chile – casos de Javi Martinez, Koke e Pedro.

A Espanha volta a treinar neste domingo, possivelmente com portões fechados, para que Del Bosque defina o time que joga no Maracanã. Na segunda-feira, ocorrem as últimas atividades em Curitiba. Na terça, acontece o treino de véspera de partidas no próprio estádio.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/06/Espanha-treina-clima-velorio-apos-goleada-Holanda.html

Messi posta foto com gana de jogar no Maracanã.









Lionel Messi está mesmo empolgado. Durante a semana, na quinta-feira, o craque argentino assistiu à estreia do Brasil na Copa do Mundo e avisou que estava ansioso para entrar em campo pela Argentina. Neste sábado, o camisa 10 hermano voltou às redes sociais e mais uma vez mostrou sua motivação para o Mundial no país. Durante o treino de reconhecimento do gramado do Maracanã, onde a Argentina encara a Bósnia, neste domingo, às 16h, Messi fez uma foto do estádio e mandou um recado para seus seguidores.

- Com muita gana de jogar no grande Maracanã pela primeira vez na minha vida e por começar bem o Mundial. Vamos com tudo - disse o jogador.

Neste sábado, João Borba, presidente da concessionária que administra o Maracanã, garante: o estádio estará pronto para receber o seu primeiro jogo da Copa do Mundo de 2014, entre Argentina e Bósnia, neste domingo. Ele anunciou que a arena conquistou um certificado de sustentabilidade e não mostrou preocupação com violência de torcedores, tampouco com as condições do gramado. Cravou que o estádio está "muito perto dos 100%"

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/06/Messi-posta-foto-gana-jogar-Maracana.html

Respeito ao nosso Rei.









Semana de estreia de Copa do Mundo é assim: Todo mundo focado na maior competição do planeta e os clubes de futebol acabam por ficar em segundo plano, certo? Para a torcida rubro-negra, a resposta é: Errado!

O rubro-negro, rubro-negro mesmo, que ama o Flamengo, costuma não dar tanto valor assim as competições que envolvem a seleção nacional. É claro que os mais patriotas acham isso um absurdo, mas esse é um sentimento completamente involuntário. Dessa forma, que os patriotas nos perdoem, mas vamos falar de Flamengo, para matar um pouco da saudade que, mesmo quando estamos em crise, sentimos do nosso Mengão nos gramados.

Estamos chegando ao fim das polêmicas férias dos nossos jogadores e da nossa comissão técnica e, caso não aconteça um inesperado anúncio de pacotão ou de barca nas próximas horas, continuamos sem saber quem chega e quem sai do Mais Querido. A tentativa da diretoria de guardar às sete chaves o nome de reforços e dispensas é louvável, mas, aqui entre nós, traz uma ansiedade danada no coração rubro-negro. Isso se, realmente, for sair ou chegar alguém.

A verdade é que se ficar do jeito que está, podemos começar a preparar uma reza forte para escapar da 2ª divisão. E aí entra o assunto mais polêmico dos últimos dias sobre o Flamengo: as declarações de Zico a uma rádio carioca. Zico afirmou, de maneira bastante direta, sem rodeios, que, antes de qualquer outra coisa, o Flamengo precisa honrar seus compromissos. No português claro, Zico declarou que o clube tem que pagar suas dívidas.

O problema, o ‘X’ da questão, é que, perguntado pela jornalista, Zico foi além: Nosso maior ídolo afirmou que as dívidas devem ser sanadas mesmo que isso resulte numa eventual queda à série B do Brasileirão. A declaração, apesar de eticamente e moralmente corretíssima, se torna polêmica porque envolve nosso maior ídolo, falando um fato que afetaria um dos maiores motivos de orgulho do rubro-negro: Nunca ter se misturado às equipes que disputam ou já disputaram as séries de acesso do futebol nacional.

Zico completou dizendo que o ideal é que se consiga resolver as questões financeiras se mantendo na elite do futebol brasileiro, mas a polêmica já estava criada. Parte da torcida, enfurecida, acabou por se esquecer de quem se tratava e criticou veementemente as declarações polêmicas do nosso ídolo, nas redes sociais. Alguns, demonstrando uma revolta ainda maior, atacaram o próprio Zico, comparando-o com outros jogadores que se destacaram nos campos, mas que sempre falam bobagens à imprensa.

A democracia tem esse preço. Todo mundo pode emitir sua opinião e acaba que muitos se perdem em suas visões apaixonadas. Mas não posso me furtar a emitir a minha opinião: Zico, mais uma vez, mostrou por que é mais que um ídolo da Nação Rubro-Negra. Ele simplesmente falou o que se espera de uma pessoa séria e honesta. E, talvez, se quando ele esteve a frente do nosso futebol, os dirigentes que lá estavam compartilhassem desse pensamento, poderíamos ter evitado chegar na situação que estamos hoje.

Eu espero que não precisemos chegar a esse ponto (e sinceramente acredito firmemente que não cairemos) mas, se ao final do campeonato, as coisas saírem da forma que não esperamos e resultarem numa queda, vai ser, sem dúvida, a maior decepção esportiva da minha vida. Mas o meu amor pelo Flamengo não irá acabar. Nunca. Estarei ao lado do meu clube, independente de onde ele esteja. Como diz uma de nossas mais cantadas músicas, “Não importa onde esteja, sempre estarei contigo.”

O que posso dizer é: Parabéns, mais uma vez, Zico! Deve ser muito difícil para o Rei da Nação chegar na mídia e expor sua opinião, mesmo que essa seja dura e triste para os seus súditos. Pois um Rei, um Rei de verdade, não mascara sua fala para ser mais popular e sim nos remete a realidade para que, em conjunto, transformemos nosso clube no maior do Mundo de novo.

Fonte: Falando de Flamengo


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/06/Respeito-ao-nosso-Rei.html

Erros e lentidão da lateral obrigam Flamengo a buscar reforço.









A busca da diretoria do Flamengo para reforçar a lateral esquerda pode ser explicada pelos números no Campeonato Brasileiro. Próximo de acerto com o argentino Milton Casco, do Newell's Old Boys, o clube tem hoje André Santos e João Paulo como opções, e ambos não foram bem na primeira parte da competição antes da pausa para a Copa do Mundo. André, alvo da torcida em recentes protestos na Gávea, tem média de atuações de 5,25, e João Paulo, com muitos passes errados, média 5,5. Nenhum deles conta com a confiança plena dos torcedores rubro-negros.

Outro ponto negativo dos atuais laterais do Flamengo (que engloba também os direitos) é de que nenhum deles foi autor de assistência no nacional. João Paulo ainda é "destaque" quando o assunto é número de passes errados. A cada cinco, um não encontra um companheiro de time (15 errados em 74). Ele foi o pior no quesito diante do Corinthians, na segunda rodada, e um jogo depois, contra o Palmeiras, errou dois dos três passes que realizou.

A dúvida na cabeça dos treinadores também ajuda a explicar o mau momento. Quando André Santos estava suspenso para a primeira rodada, diante do Goiás, Jayme de Almeida optou pela improvisação de Everton. Com Ney Franco, o deslocamento aconteceu com o zagueiro Samir, titular da posição em duas das cinco partidas com o atual comandante.

Nenhum dos laterais-esquerdos de origem do Flamengo completou o número de sete partidas no Brasileiro. André Santos, com seis, e João Paulo, com quatro jogos, portanto, ainda podem ser envolvidos em negociações com clubes que disputam a Série A. A chegada do argentino Casco, de 26 anos, pode acontecer nos primeiros dias de trabalho no retorno do recesso. O Flamengo vai realizar uma semana de atividades em Atibaia, interior de São Paulo.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/06/Erros-lentidao-lateral-obrigam-Flamengo-buscar-reforco.html

Rooney e Balotelli iniciam Copa da provação.









O duelo entre Inglaterra e Itália marca o início de uma Copa do Mundo que servirá de provação para dois craques. Wayne Rooney e Mario Balotelli já foram questionados diversas vezes por suas torcidas e ainda vêm em má fase com seus clubes, Manhester United e Milan. Dos fãs do English Team, o atacante inglês escuta e lê críticas por nunca ter marcado gol em Copas, sendo que disputou oito jogos nas duas edições das quais participou. O italiano, mesmo que seja mais novo (23 anos, contra 28 de Rooney) e esteja estreando em Mundiais, também precisa calar os críticos, uma vez que tem sido preterido por Ciro Immobile na opinião dos torcedores da Azzurra e também da imprensa do seu país. Os esquemas táticos de Inglaterra e Itália jogam em função dos dois, e eles terão no Brasil uma ótima oportunidade de brilhar. A partida deste sábado, que será realizada na Arena Amazônia, em Manaus, a partir das 19h (de Brasília), dará uma boa ideia do que se pode esperar tanto de um quanto do outro.

No caso de Rooney, a pressão não é somente de torcedores e da imprensa. O próprio jogador sabe que esta Copa do Mundo representa sua chance definitiva de mostrar-se como um jogador de peso internacional, capaz de ir além do Manchester United. Na Inglaterra, especula-se inclusive, que o atacante pode até perder a vaga de titular se não for bem contra a Itália. Os 19 gols marcados em 40 partidas pelo seu clube na última temporada e o desempenho considerado fraco nos amistosos de preparação para o Mundial ajudam a reforçar a exigência pela recuperação.

- Não ligo para o que é dito. O que importa é que estou pronto para a Copa do Mundo e que estou motivado para ganhar o troféu pelo meu país. Vou fazer o máximo que puder para alcançar esse objetivo - disse.

Um dos mais assediados pelos torcedores brasileiros, Rooney tem se mostrado pouco afeito ao contato com o público. Até mesmo acenos não foram dados pelo artilheiro, ao contrário dos veteranos Gerrard e Lampard, que se mostraram mais acessíveis.

Desde a chegada da delegação ao Brasil, no último domingo, as condições climáticas de Manaus e o estado do gramado da Arena Amazônia foram assuntos muitas vezes mais falados do que a própria preparação da Inglaterra para a estreia no Mundial. Mas o discurso tem sido o de minimizar qualquer dificuldade que não seja a Itália, embora as atuações nos últimos amistosos tenham criado uma desconfiança externa numa equipe jovem (média de idade de 26 anos).

O técnico Roy Hodgson, entretanto, não tem muitas dúvidas para mandar a campo a equipe que vai enfrentar a Itália. O atacante Welbeck chegou a preocupar durante a última semana por causa de dores na coxa direita, mas voltou a treinar com os companheiros. Caso não comece jogando, Raheem Sterling, de 19 anos, pode ter uma chance. No meio-campo, Lallana e Wilshere devem disputar uma vaga. A certeza é de que Alex Oxlade-Chamberlain está fora. O meia-atacante do Arsenal se recupera de uma lesão no joelho direito e só deverá estar apto para enfrentar o Uruguai, na segunda rodada.

Aos 23 anos, Balotelli disputa a primeira Copa do Mundo cercado de dúvidas. A estrela italiana não deslanchou como se esperava. Muito menos fez uma boa temporada, o que aumentou a cobrança para reagir na competição de seleções. Em 41 partidas, marcou 18 gols e pouco acrescentou para tirar o Milan da crise.
A enorme exposição nas redes sociais também colaborou para a pressão crescer nas últimas semanas. Ofuscado nos últimos dias pelos três gols de Immobile no amistoso contra o Fluminense, o Super Mario voltou às manchetes ao pedir a namorada Fanny Neguesha em casamento dentro da concentração, em Mangaratiba.

Cesare Prandelli parecia prever. Durante a Copa das Confederações do ano passado, o técnico italiano bateu incansavelmente na tecla de que precisaria de atletas e não apenas jogadores para superar o desgaste físico da temporada e suportar as altas temperaturas no Brasil. Pensou, repensou, escolheu a dedo e mesmo assim teve problemas.

Antes mesmo de chegar, a Azzurra sofreu uma grande perda: o meio-campista Montolivo, um dos mais experientes do grupo e titular absoluto, fraturou a tíbia da perna esquerda e precisou ser cortado.

Já na última quinta, o lateral De Sciglio lesionou a coxa esquerda e acabou vetado do duelo. E não acabou. No treino de reconhecimento do gramado, já na Arena Amazônia, o goleiro Buffon torceu um dos tornozelos e virou dúvida. Sirigu, recuperado de uma lesão nas costelas, é o reserva imediato.

Sem confiar no reserva Abate, o técnico vai improvisar o zagueiro Chiellini na lateral esquerda, abrindo espaço para o argentino naturalizado Paletta. O esquema tático será o 4-5-1, apenas com Balotelli na frente. Immobile, artilheiro do último Campeonato Italiano, começa a partida no banco.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/06/Rooney-Balotelli-iniciam-Copa-provacao.html

Faltoso na Copa das Confederações, Neymar preocupa seleção.









Curtir

Arquivo do blog

As mais votadas no diHITT

Parceiros

Meus amigos no diHITT