sábado, 31 de maio de 2014

Cruzeiro tem seu segundo grande desfalque contra Flamengo.









Sem Willian, que pediu e foi atendido para não atuar contra o Flamengo, evitando assim completar o sétimo jogo, o que impediria uma futura transferência para outro clube da Série A, o Cruzeiro também não terá o atacante Dagoberto. O jogador, que estava sentindo incômodo na costela, não foi relacionado pelo técnico Marcelo Oliveira, entre os 2º atletas que estarão à sua disposição em Uberlândia.

Marcelo Oliveira, que compreendeu bem a decisão de Willian, havia revelado na sexta-feira, a intenção de substituí-lo por Marlone. E o Cruzeiro não terá ainda um terceiro atacante, neste domingo, às 16h, no Parque do Sabiá. Dessa forma, entre os 20 relacionados, apenas dois são especialistas no ofício: Borges, que será titular, e Luan, opção no banco.

Além das ausências de Willian e Dagoberto, que entrou no segundo tempo da derrota para o Corinthians, por 1 a 0, no Canindé, em São Paulo, outro atacante seguirá fora: Marcelo Moreno, que está com a seleção boliviana e que também cumpre suspensão no Brasileirão, por ter sido suspenso pelo STJD, por duas partidas.

Na manhã deste sábado, Marcelo Oliveira comandou um treino com campo reduzido na manhã deste sábado, na Toca da Raposa II, o último neste local, antes da Copa do Mundo. O CT celeste estará à disposição da seleção chilena em sua preparação para o Mundial no Brasil.O time cruzeirense deve começar com Fábio; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Willian Farias, Henrique, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Marlone e Borges.

Jogadores relacionados para a partida contra o Flamengo

Goleiros: Fábio e Rafael
Laterais: Ceará, Mayke e Egídio
Zagueiros: Bruno Rodrigo, Léo e Alex
Volantes: Henrique, Willian Farias, Nilton, Tinga e Eurico
Meias: Everton Ribeiro, Ricardo Goulart, Júlio Baptista, Marlone e Elber
Atacantes: Borges e Luan

Fonte: UOL


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Cruzeiro-tem-segundo-grande-desfalque-contra-Flamengo.html

Ney comanda treino fechado no Flamengo, e faz mistério.









A dificuldade de encontrar um time ideal nesse momento para o Flamengo permanece. O técnico Ney Franco comandou neste sábado um treinamento fechado no Grêmio Osasco, trabalhando posse de bola e liberando um recreativo no fim da atividade na véspera do confronto com o Cruzeiro, em Uberlândia, pelo Campeonato Brasileiro.

Ney ainda tem dúvidas e o time ainda é um mistério para o jogo. Negueba deve ser titular e Luiz Antonio disputa uma vaga com Elano no meio. Chicão volta e Samir tem grandes chances de mais uma vez atuar como lateral-esquerdo, com André Santos no banco de reservas.

O Flamengo precisa vencer o Cruzeiro para sair da zona de rebaixamento antes da parada para a Copa do Mundo. Depois do jogo de domingo, o time terá 15 dias de férias e só volta a treinar no dia 16 de junho.

Com as mudanças, o time deve atuar com Paulo Victor, Léo Moura, Chicão, Wallace e Samir; Amaral, Márcio Araújo, Luiz Antonio (Elano) e Negueba; Paulinho e Alecsandro.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Ney-comanda-treino-fechado-Flamengo-faz-misterio.html

Lance: Presidente do Flamengo pode voltar só após a Copa.









Eduardo Bandeira, Clément Izard e Walter D'Agostino em restaurante.
O presidente Eduardo Bandeira de Mello tirou licença no Flamengo e pode voltar apenas em julho, após a realização da Copa do Mundo. Inicialmente, o mandatário rubro-negro ficará ausente até o dia 6 de junho, mas há a possibilidade de prorrogação do período de licença.

Durante a ausência de Eduardo Bandeira de Mello, quem assume o Flamengo, de forma interina, é Walter D'Agostino, atual vice-presidente geral. Internamente, conselheiros não veem o ato do presidente como bom, já que em campo o Rubro-Negro não vive boa fase.

Vale lembrar que Bandeira de Mello esteve no Ninho do Urubu em treinamento da equipe na última terça-feira e rechaçou a possibilidade de renunciar ao cargo de presidente do Flamengo. Segundo ele, a manobra “seria um ato bastante covarde” e o atual mandatário rubro-negro não se considera como tal.

Fonte: Lancenet


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Lance-Presidente-Flamengo-pode-voltar-so-apos-COpa.html

Cruzeiro passa o Flamengo e tem o 3º maior número de sócios.









O Cruzeiro ultrapassou o Flamengo e agora assumiu a terceira posição no ranking de sócios-torcedores. Segundo o site Futebol Melhor, a Raposa conta com 58.682 associados - pouco mais que os 58.352 do rubro-negro carioca. Em fevereiro, o Cruzeiro chegou à marca de 50 mil sócios. Neste ano, são 11.469 novos associados.

Nesta temporada, o clube reajustou os valores das mensalidades em todas as categorias, entre 9% e 20%. O preço da modalidade Cruzeiro Sempre subiu de R$ 27,50 mensais para R$ 30. O setor Tríplice Coroa passou de R$ 200 para R$ 220. A categoria Libertadores subiu de R$ 150 para R$ 165. O Brasileiro passou de R$ 100 para R$ 120, enquanto a categoria Copa do Brasil saltou de R$ 95 para 105. Atualmente, as modalidades Libertadores e Brasileiro estão esgotadas.

Os gaúchos lideram o ranking. O Internacional é o primeiro, com 118.710 sócios. Por sua vez, o Grêmio, com 77.306, está na segunda colocação.

Fonte: Super Esportes


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Cruzeiro-passa-Flamengo-tem-3-maior-numero-socios.html

Por um camisa 10, Flamengo mira salários de Elano e André.









O empate por 1 a 1 com o Figueirense aumentou a crise no Flamengo, assim como as críticas ao futebol apresentado por conhecidos medalhões. André Santos e Elano mais uma vez não atuaram bem e pelo menos um deles pode deixar o Rubro-negro durante a disputa da Copa do Mundo. O objetivo da diretoria é aliviar a folha salarial para viabilizar a chegada do sonhado camisa 10. O argentino Montillo é o primeiro da lista.

A manutenção do elenco custa R$ 9 milhões por mês aos cofres do Flamengo. Partindo dos números e resultados questionáveis, os dirigentes descartam tolerar no restante da temporada atletas com baixo desempenho e valor elevado no vencimento.

Por isso, André Santos e Elano são alvos de uma possível barca. O primeiro comete falhas de marcação com frequência e tem dificuldades para entrar em forma. Já o meia sofre com lesões e está longe de conseguir uma sequência entre os titulares.

O Flamengo quer economizar pelo menos R$ 250 mil com a saída de um deles. Elano, por exemplo, recebe em torno de R$ 500 mil mensais. Sendo que o Grêmio arca com metade do valor por emprestá-lo até o final de 2014.

O alívio nos cofres será fundamental para a contratação do futuro camisa 10. Montillo deve receber pouco mais de R$ 600 mil por mês se a negociação for concretizada. Além disso, o Rubro-negro cogita pagar cerca de R$ 3 milhões pelo empréstimo de um ano junto ao Shandong Luneng, da China.

A chegada do diretor executivo Felipe Ximenes promete agilizar o processo. O presidente Eduardo Bandeira de Mello e seus pares têm pressa para que o Flamengo reformule o elenco e volte forte para a sequência do Campeonato Brasileiro. Apesar disso, o discurso oficial é pautado pelo sigilo.

"Não pretendo falar de nomes. O clube já tratava algumas negociações antes da minha chegada. Vamos trabalhar bastante para reforçar o elenco. Vocês [imprensa] e torcedores saberão quando tivermos algo concreto", encerrou Ximenes.

Fonte: UOL


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Por-camisa-10-Flamengo-mira-salarios-Elano-Andre.html

Fla não vê mais custo-benefício em Felipe e já discute saída.









A permanência do goleiro Felipe no Flamengo é incerta. Com contrato até o fim de 2015, correntes da diretoria acreditam que chegou o momento de encerrar o relacionamento do arqueiro com o clube, que teve início em 2011. O LANCE!Net apurou que dirigentes, entre eles o vice-presidente de futebol, Wallim Vasconcellos, não veem mais custo-benefício no camisa 1, o que teria causado a barração dele nos últimos três jogos antes da paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo.

Felipe recebe do Flamengo a quantia de R$ 200 mil mensais, sendo R$ 80 mil na carteira e R$ 120 mil de direito de imagem. Comparado ao goleiro Paulo Victor, por exemplo, o atual camisa 1 rubro-negro recebe cerca de R$ 100 mil a mais. E a diferença técnica entre os dois não é considerada absurda por diretoria e comissão técnica.

Vale destacar que a falta de Felipe a um treinamento na semana passada foi apenas a gota d’água para que esta atitude fosse tomada pelo Flamengo. Outros dirigentes rubro-negros são adeptos à ideia de Wallim Vasconcellos e, internamente, discutem sobre o futuro do goleiro, que deve ser decidido durante a Copa do Mundo.

O L!Net ouviu pessoas próximas a Felipe, que garantiram tranquilidade do goleiro perante a situação. O atual camisa 1, inclusive, não está procurando outro time para atuar, mas crê que a diretoria do Flamengo esteja procurando um clube para transferí-lo, motivo este que não querem deixá-lo completar sete partidas no Brasileiro.

Felipe deixou na tarde da última sexta-feira a concentração do Flamengo em São Paulo e voltou ao Rio de Janeiro, já que teve as “férias” antecipadas por estar também barrado do jogo deste domingo, contra o Cruzeiro, em Uberlândia. A reapresentação dele está prevista para 16 de junho.

Fonte: Lancenet


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Fla-nao-ve-mais-custo-beneficio-Felipe-discute-saida.html

Ney 2006 x 2014: parada, Fla em crise e poucos reforços.









Em 2006, Ney Franco chegou ao Flamengo ainda como um técnico promissor, depois de uma passagem pelo Ipatinga. Agora, com mais bagagem, voltou ao clube e, coincidentemente, vivendo as mesmas circunstâncias de oito anos atrás, com o time em crise mau colocado no Campeonato Brasileiro, à espera de reforços e com uma parada para a Copa do Mundo como solução para os problemas do campo.

Este ano, Ney Franco assumiu o lugar de Jayme de Almeida depois de uma derrota para o Fluminense. O resultado havia deixado o Flamengo na 16ª colocação, com quatro pontos em quatro jogos disputados. Em 2006, o time ocupava a 13ª posição, com sete pontos em seis partidas.

Com quatro jogos sob seu comando antes da parada para a Copa de 2006, Ney conseguiu levar o time a 14 pontos, chegando ao 10º lugar depois de 10 rodadas disputadas. Agora, o treinador terá o quinto jogo, domingo, contra o Cruzeiro, em Uberlândia, de um total de nove antes da paralisação da competição, mas desta vez na zona de rebaixamento, na 17ª colocação, com sete pontos conquistados.

Há oito anos, com a paralisação para a Copa do Mundo, os jogadores também ganharam um recesso como o que haverá este ano. Na volta, o grupo viajou para três amistosos no Norte e Nordeste do país. Quando chegou ao clube, a previsão era de uma série de 10, que Ney Franco conseguiu impedir, considerando que atrapalharia a preparação.

Desta vez, o Flamengo fará suas atividades durante a paralisação no Ninho do Urubu, já que os principais centros de treinamento do país estão nas mãos da Fifa por causa da Copa do Mundo. A previsão de amistosos existe, mas nada que leve o time a lugares longínquos como aconteceu em 2006,com jogos em Manaus, Boavista e São Luís.

Em 2006, Ney Franco recebeu apenas quatro reforços para a segunda parte da temporada. O goleiro Bruno, o volante Paulinho, o meia Jajá e o atacante Sávio, recebido com grande festa no retorno ao clube de origem, onde foi ídolo em meados dos anos 90. Destes, apenas Bruno teve uma carreira mais longa no Flamengo até ser preso em 2010 acusado do assassinato de Eliza Samudio. A novidade acabou sendo o surgimento de Renato Augusto como principal revelação rubro-negra nos últimos anos.

Agora, o clube ainda negocia a contratação de reforços, mas não são esperados muitos nomes. Os dirigentes seguem a política de que não podem arcar com grandes salários para manter o pagamento em dia. A pressão é grande. Se vencer o Cruzeiro, ainda haverá um alento, já que o Flamengo ficará fora da zona de rebaixamento.

Mesmo com poucos reforços em 2006, Ney Franco conseguiu fazer uma campanha razoável no Brasileiro, terminando na 11ª colocação, com 52 pontos. No entanto, terminou campeão da Copa do Brasil, quando comandou o time apenas na final contra o Vasco.

Agora, depois do jogo com o Cruzeiro, Ney vai reiniciar o trabalho no dia 16, quando termina o período de 15 dias de férias e os jogadores se reapresentam. A busca segue por reforços, um time e a esperança de encontrar mais um Renato Augusto.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Ney-2006-2014-parada-Fla-crise-poucos-reforcos.html

Walter D’Agostino diz que Flamengo não está em crise.









Zico e Walter D'Agostino em na volta da adidas ao Flamengo.
Até o dia 6, Eduardo Bandeira de Mello não exercerá a função de presidente do Flamengo. O dirigente, que nos últimos dias vinha sendo presença constante no Ninho do Urubu, se afastou por motivos pessoais. Até lá, quem assume a cadeira é o vice-geral Walter D’Agostino. Apesar da crise técnica e política do futebol que já derrubou treinador e diretor, o veterano cartola, que já foi presidente dos conselho Consultivo e Deliberativo, diz só ter olhos para o basquete.

— Não tem turbulência. Tem expectativa para o jogo de basquete. O foco está no jogo de basquete e no jogo contra o Cruzeiro (no futebol) — disse D’Agostino, referindo-se à final da NBB, hoje, contra o Paulistano.

Os maus resultados, em seu modo de analisar o momento do Flamengo, são decorrentes da falta de sorte. A solução? Nem D’Agostino sabe apontar:

— Botamos muitas bolas na trave... Um massacre contra o Figueirense... O que podemos fazer?

Fonte: Extra Globo


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Walter-DAgostino-diz-Flamengo-nao-esta-crise.html

NÃO PRECISAMOS DE GOLEIRO















Não sei porque essa história de que o Flamengo está querendo contratar o Júlio César, goleiro da Seleção, um grande rubro-negro (diria até doente).





É um cara que eu gosto muito, um ser humano de primeiríssima; apesar de ter dito, quando chegou à Europa para brilhar e conquistar tudo na Inter de Milão, que "não sonhava e nem pensava em voltar ao Flamengo para encerrar a carreira".







Grande goleiro e flamenguista doente


Depois caiu em desgraça na Copa de 2010, naquela derrota diante da Holanda, 





Depois foi para o pequeno Queens Park Rangers, da Inglaterra e foi rebaixado para a Segunda Divisão. 





Acabou no banquinho e cedido, de graça, ao Toronto, do Canadá, um timinho fraco que disputa a liga norte-americana de soccer.





Por teimosia do Felipão, está de titular na Seleção Brasileira e torço, com toda a sinceridade, para que dê certo.





Não é por causa deste currículo dos quatro últimos anos de carreira que sou contra a vinda do Júlio César.





Sem falar que está com 35 anos, deve ter mais uns dois ou três anos de futebol e seu salário é alto.





Não precisamos de mais goleiros.





Temos três goleiros de ótimo nível.





Ou não temos?





Felipe, Paulo Victor e César são titulares na maioria das equipes do Brasil.





Erram, às vezes? Erram, é claro, mas só erra quem está em campo.





Sejamos justos, na maior parte das vezes, já nos salvaram de muitas derrotas.





Vamos gastar nosso dinheirinho onde precisamos.





Queremos um lateral esquerdo, pelo menos um bom meia armador e um atacante.





Mas, como falei anteriormente, nada de refugos. Precisam ser jogadores de nível para vestir a camisa do Flamengo.





Além da informação que recebi de que o Flamengo estaria conversando com Robinho, soube que o Ney Fraco pediu a contratação do lateral esquerdo Juan "Marrentinho", que ganhou muitos títulos na Gávea.





Só não sei quantas partidas ele já disputou pelo Vitória, neste Brasileirão, e se pode mudar de clube.





Bem, Felipe Ximenes, que era gerente de futebol do Vitória, agora está no Flamengo. 





Vamos ver se esse cara é melhor que o Pelaipe.





Isto é, se o (in)Wallim não atrapalhar.







SRN

Fonte: http://flamengoeternamente.blogspot.com/2014/05/nao-precisamos-de-goleiro.html

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Sávio mostra decepção com Flamengo: "Resultado muito ruim."











SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Savio-mostra-decepcao-Flamengo-Resultado-muito-ruim.html

Vídeo: Ney Franco justifica afastamento de Felipe.











SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Video-Ney-Franco-justifica-afastamento-Felipe.html

Vídeo: os gols de Flamengo 1 x 1 Figueirense.











SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Video-gols-Flamengo-1-x-1-Figueirense.html

Confira as notas dos jogadores do Flamengo após empate.









PAULO VICTOR - GOLEIRO
Rebateu no susto na jogada que originou o gol do Figueirense, mas não comprometeu.
Nota: 6,0

LÉO MOURA - LATERAL-DIREITO
Marcou mal no primeiro tempo e atacou bem no segundo.
Nota: 6,5

WALLACE - ZAGUEIRO
Esforçado no combate ao ataque alvinegro.
Nota: 6,0

SAMIR - ZAGUEIRO
Eficiente na defesa e seguro ao sair jogando. Deu cruzamento certeiro para o gol de Alecsandro.
Nota: 7,0

ANDRÉ SANTOS - LATERAL-ESQUERDO
Inseguro no primeiro tempo, melhorou no segundo.
Nota: 6,0

AMARAL - VOLANTE
Valente na marcação e na proteção à zaga.
Nota: 6,5

MÁRCIO ARAÚJO - VOLANTE
Correu bastante, mas errou muitos passes.
Nota: 6,0

LUIZ ANTONIO - VOLANTE
Atuação fraca e apagada tanto na marcação quanto no apoio ao ataque.
Nota: 5,0

NEGUEBA - ATACANTE
Entrou no lugar de Luiz Antonio e criou boas jogadas. Fez boa dupla pela direita com Léo Moura.
Nota: 7,0

ELANO - MEIA
Só foi notado em campo ao ser vaiado pela torcida.
Nota: 5,0

IGOR SARTORI - ATACANTE
Substituiu Elano e estava se esforçando no jogo. Foi injustiçado por Ney Franco. Jogou apenas 29 minutos.
Nota: 5,5

LUCAS MUGNI - MEIA
Entrou na vaga de Igor Sartori e não conseguiu brilhar.
Nota: 5,5

PAULINHO - ATACANTE
Escondido no lado esquerdo, cresceu na etapa final e criou algumas chances de gol.
Nota: 6,5

ALECSANDRO - ATACANTE
Um gol de oportunismo, movimentação e quase golaço de bicicleta.
Nota: 7,5

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Confira-notas-jogadores-Flamengo-apos-empate.html

O MELHOR DENTRE OS PIORES















O Flamengo sempre tem que ocupar uma posição de destaque.





Afinal de contas, o Flamengo é o Flamengo, né?





No momento, o time lidera a Zona de Rebaixamento.





O melhor dentre os piores.





Chapecoense, Figueirense e Coritiba, que se danem atrás de nós.





Mas vamos combinar que também está faltando sorte ao Flamengo.





Empatamos com o Figueirense, em 1 x 1 e perdemos um monte de gols no segundo tempo.















Um deles seria antológico, de Alecsandro, numa bicicleta defendida magistralmente pelo goleiro Thiago Volpi.





O Ney Fraco disse, na coletiva, que o clima no vestiário está péssimo.





Também, os resultados não aparecem e o técnico ainda tem uma cara de enterro, cara de perdedor...





Sabe aquele cara baixo astral, tipo a hiena Hardy?





Oh, dia...





E os cartolas achavam que o problema era o Jayme de Almeida.





O problema do Flamengo está nos gabinetes dos infalíveis executivos.





O Ney Fraco está claramente enrolado, não sabe montar um time, coloca o menino Igor no intervalo e o substitui em seguida, como se o atleta fosse o culpado pelo gol não sair.





Aí colocou o Lucas Mugni, realmente o único do elenco que tem condições de fazer a ligação com o ataque, pois qualidade não lhe falta.





O que falta ao Mugni é sangue!





Os cartolas rubro-negros são tão ruins para contratar que conseguem ir à Argentina e trazem o único jogador argentino que não joga como um autêntico argentino. Deu para entender?





No papel, até que o time do Flamengo não é ruim, tirando o André Santos e o Elano, é claro.





O problema é que o técnico é péssimo.





Agora nos resta torcer para perdermos de pouco do Cruzeiro.










SRN

Fonte: http://flamengoeternamente.blogspot.com/2014/05/o-melhor-dentre-os-piores.html

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Wallim recepciona Ximenes: "Bem-vindo ao caldeirão."









Depois de 16 dias de espera, os jogadores do Flamengo terão seu primeiro encontro com o novo diretor de futebol. Felipe Ximenes, que estava no Vitória, chegou ao hotel onde a delegação está concentrada pouco depois das 15h (de Brasília) e terá uma reunião com o grupo antes do jogo com o Figueirense, nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília).

Ximenes estava na quarta-feira em Goiânia, onde acompanhou o empate em 0 a 0 entre Goiás e Vitória. Depois do jogo, ele confirmou a sua saída do clube baiano. Nesta quinta-feira, ele chegou ao hotel em São Paulo poucos minutos depois do vice-presidente de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcelos.

- Bem-vindo ao caldeirão - disse Wallim, recebido com muitos sorrisos pelo novo dirigente.

O contrato do diretor, já inserido no costumeiro turbilhão rubro-negro, vai até o fim de 2015, mesmo prazo do assinado pelo técnico Ney Franco, que coincide com o término do mandato da atual gestão. Felipe chega para substituir Paulo Pelaipe, demitido junto com Jayme de Almeida. Nesse período, Fred Luz, CEO do clube, havia assumido a função interinamente.

Convidado na segunda-feira à noite para assumir o cargo, Ximenes se mostrou empolgado e apostou no que representa o Flamengo para o sucesso de seu trabalho.

- O desafio de superar, ultrapassar e conhecer os limites de um profissional faz com que você aceite o convite. Há clubes em que se um profissional não trabalhar não ter uma vida totalmente completa e o Flamengo é um deles. É uma oportunidade muito difícil de recusar.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Wallim-recepciona-Ximenes-bem-vindo-caldeirao.html

Ney barra Felipe até dos reservas, e escala Paulo Victor.









Mudança de última hora na escalação do Flamengo. Felipe, que treinou como titular durante a semana e viajou com o grupo para São Paulo, foi barrado por Ney Franco e não ficará sequer no banco de reservas na noite desta quinta-feira, contra o Figueirense no Morumbi. Com seis jogos pelo Rubro-Negro no Campeonato Brasileiro, o goleiro não poderá defender outra equipe da Série A este ano se fizer mais uma partida. Paulo Victor será novamente o titular. César estará no banco de reservas.

- Optei pelo Paulo (Victor) pelo último jogo, em que ele foi bem. Decidi com o Felipe que neste e no próximo jogo, contra o Cruzeiro, a gente vai utilizar o Paulo - explicou Ney Franco.

Felipe ficou fora da partida contra o Santos, no domingo, após faltar a um treino na sexta-feira, alegando que confundiu o horário da atividade. Ele pediu desculpas publicamente e não recebeu nenhum tipo de multa pelo ocorrido, mas ficou fora da viagem com o time na ocasião e permaneceu no Rio de Janeiro. Na reapresentação do elenco, o goleiro ganhou o perdão do técnico Ney Franco e voltou a treinar como titular na última terça-feira. Neste início de Brasileiro, o camisa 1 vem sofrendo com críticas dos torcedores por conta de suas atuações.

O time que enfrenta o Figueirense joga com Paulo Victor, Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral, Márcio Araújo, Luiz Antonio e Elano; Paulinho e Alecsandro. No banco, estão César, Chicão, Marcelo, João Paulo, Lucas Mugni, Mattheus, Negueba, Gabriel, Sartori e Arthur.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Ney-barra-Felipe-ate-reservas-escala-Paulo-Victor.html

Ximenes exalta acerto com Flamengo: "Difícil de recusar."









São 30 anos dedicados ao esporte e com disposição para provar no Flamengo o potencial apresentado em outros trabalhos. Assim, Felipe Ximenes chegou a São Paulo nesta quinta-feira, onde vai acompanhar o time no jogo com o Figueirense, às 19h30 (de Brasília), no Morumbi, para assumir de fato o cargo de diretor executivo do futebol em um momento conturbado, com o time na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e à procura de reforços para mudar o seu destino em 2014.

Convidado na segunda-feira à noite para assumir o cargo, vago desde a demissão de Paulo Pelaipe no dia 12 de maio, Ximenes comunicou sua saída ao Vitória na quarta-feira. Empolgado, o dirigente já teve uma rápida conversa com os jogadores e aposta no que representa o Flamengo para o sucesso de seu trabalho.

- O desafio de superar, ultrapassar e conhecer os limites de um profissional faz com que você aceite o convite. Há clubes em que se um profissional não trabalhar não ter uma vida totalmente completa e o Flamengo é um deles. É uma oportunidade muito difícil de recusar - afirmou Felipe Ximenes, ao GloboEsporte.com, no hotel que abriga a delegação.

Nesta sexta-feira, o novo diretor vai ser apresentado oficialmente às 16h (de Brasília), na Gávea. No dia seguinte, embarca para Uberlândia, onde acompanhará o time no confronto com o Cruzeiro, domingo, pela 9ª rodada do Brasileiro, a última antes da parada para a Copa do Mundo.

- Seria ótimo se já tivesse parado o Brasileiro para iniciar um período de 46 dias para implementar algo e contribuir. Já conheço o elenco de fora e vou conhecer de dentro, de uma forma interna e profunda, dando o suporte para a comissão técnica trabalhar com mais tranquilidade - explicou o dirigente.

Com contrato até o fim de 2015, Ximenes fez questão de elogiar o trabalho da atual administração do clube. Como base, ele ressaltou as conquistas da Copa do Brasil do ano passado e do Campeonato Carioca deste ano.

- Vim para dar continuidade a um planejamento com um trabalho de um ano e meio. É mais uma etapa do projeto. Outros profissionais que aqui estiveram e ainda estão iniciaram e foram coroados com títulos. A posição delicada no Brasileiro não apaga o que foi conquistado nesse período. Sou muito consciente dessa responsabilidade e estou pronto para encará-la.

No Flamengo, o diretor vai reeditar uma parceria longa com o técnico Ney Franco, que também deixou o Vitória para assumir o cargo no clube carioca. Ele já havia sido seu auxiliar técnico nas categorias de base do Cruzeiro. Nessa nova fase, esteve ao seu lado em Coritiba e Vitória.

- Vamos trabalhar pela quarta vez juntos. Quando ficou sabendo do meu nome, tenho certeza que gostou, mas não participou dessa escolha - disse o dirigente.

Apesar do sucesso no Coritiba, Ximenes vem de um ano de 2014 de mudanças repentinas. Ele iniciou a temporada no Fluminense, onde trabalhou por apenas 35 dias até ser demitido. No Vitória, com poucos mais de 40 dias no cargo, pediu para ser liberado e acertar com o Flamengo.

- Foram duas situações diferentes. No Fluminense, tinha um contrato de três anos e romperam. Estavam no direito deles e não tenho do que reclamar. Mal tinha iniciado o trabalho. Por uma ironia do futebol, acabei tomando a atitude de sair do Vitória, mas com a aceitação dos dirigentes, que compreenderam a minha posição, de que não estava trocando o Vitória por uma equipe qualquer. Era o Flamengo. Sem dúvida é um desafio, que é uma religião. Entenderam que eu não poderia fugir. Há uma tendência no futebol de julgar as pessoas pelo momento, superestimando e subestimando. Não posso ser avaliado ou julgado por seis meses. Tenho 30 anos dedicados ao esporte - afirmou Ximenes.

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Ximenes-exalta-acerto-Flamengo-Dificil-recusar.html

Flamengo negocia com Richarlyson e Rosinei.










O Flamengo tem se movimentado intensamente para reforçar o elenco.  A prova disso é que a diretoria rubro-negra já iniciou as tratativas para trazer os volantes Rosinei, que está no Atlético-MG, e Richarlyson, atualmente sem clube.

Intermediadas pelo atacante Alecsandro, que trocou o Galo pelo clube da Gávea no início deste ano, as duas negociações foram iniciadas antes mesmo da contratação do novo diretor de futebol Felipe Ximenes, que será apresentado pelo Flamengo na tarde desta sexta-feira. Resta saber, agora, se o executivo tentará ou não impedir as chegadas dos dois volantes.

Fonte: Lancenet


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Flamengo-negocia-Richarlyson-Rosinei.html

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Sub-20: Bota empata com Flamengo e vai às semis com Flu.









O destaque da 13ª rodada da Taça Rio do Campeonato Carioca sub-20 tinha tudo para ser o clássico entre Flamengo e Botafogo. Mas o empate em 0 a 0, sob chuva, entre as equipes, que confirmou a vaga do Alvinegro nas semifinais, abriu espaço para que o quinto jogo consecutivo sem vitória do Vasco levasse o status. Derrotado por 1 a 0 pelo Bonsucesso, nesta quarta-feira, o Cruz-Maltino caiu para oitavo lugar e vê suas chances de classificação se reduzirem bastante.

Em contrapartida, o Fluminense é só alegria. O Tricolor assumiu a liderança do turno ao superar o Duque de Caxias por 3 a 0, em Xerém, e também avançou. Um ponto separa o campeão da Taça Guanabara do Glorioso, que vinha mantendo o posto durante quase toda a campanha. O Rubro-Negro, em terceiro lugar, ainda precisa se desgarrar do Madureira e do pelotão abaixo.

A situação do Vasco chama ainda mais a atenção por ter iniciado o jejum depois do triunfo sobre o arquirrival Flamengo. Nas últimas duas rodadas, derrotas para times mal colocados e sem marcar nenhum gol, o que já começa a criar um ambiente complicado para o técnico Sorato.

As próximas partidas acontecem neste fim de semana. O Botafogo pega o Boavista, sábado, mesmo dia do clássico Vasco x Fluminense e de Bangu x Flamengo.

Confira os resultados da 13ª rodada:

Volta Redonda 3 x 1 Boavista
Macaé 4 x 0 Resende
Fluminense 3 x 0 Duque de Caxias
Madureira 2 x 2 Bangu
Cabofriense 4 x 0 Friburguense
Audax 3 x 3 Nova Iguaçu
Bonsucesso 1 x 0 Vasco
Flamengo 0 x 0 Botafogo

Classificação da Taça Rio com estes resultados:

1º - Fluminense - 30 pontos (20 gols de saldo)
2º - Botafogo - 29 pontos (20 gols de saldo)
3º - Flamengo - 23 pontos (10 gols de saldo)
4º - Madureira - 22 pontos (4 gols de saldo)
5º - Macaé - 20 pontos (7 gols de saldo)
6º - Bangu - 20 pontos (6 gols de saldo)
7º - Audax Rio - 20 pontos (4 gols de saldo)
8º - Vasco - 20 pontos (1 gols de saldo)
9º - Nova Iguaçu - 19 pontos (2 gols de saldo)
10º - Cabofriense - 18 pontos (2 gols de saldo)
11º - Boavista - 17 pontos (1 gols de saldo)
12º - Volta Redonda - 14 pontos (-6 gols de saldo)
13º - Resende - 12 pontos (-15 gols de saldo)
14º - Bonsucesso - 10 pontos (-10 gols de saldo)
15º - Friburguense - 9 pontos (-19 gols de saldo)
16º - Duque de Caxias - 5 pontos (-25 gols de saldo)

Fonte: GE


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Aub-20Bota-empate-Flamengo-vai-semis-Flu.html

Vídeo: Alecgol mete dois em treino e deve voltar ao time titular.











SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Video-Alecgol-mete-dois-treino-deve-voltar-time-titular.html

"A briga é mais intensa.", diz técnico do Figueira sobre Brasileiro.









O Figueirense irá enfrentar o Flamengo pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, às 19h30. O técnico Guto Ferreira não confirmou a escalação do Furacão, contudo, sinalizou que a equipe que irá campo será provavelmente a mesma que perdeu para o Goiás no domingo passado:

- Das opções que a gente tem, considerando os que já estiveram em campo, é mais ou menos esta situação. Não confirmo, mas tende a caminhar por aí.

Além de comentar sobre o possível time titular, Ferreira ainda falou sobre o nível de competitividade do Brasileirão. Para o treinador, a competição exige maior entrega e posse de bola de seus comandados, em comparação com o Campeonato Catarinense:

- O campeonato estadual, com algumas exceções, tem um nível de competitividade mais baixo. Já a Série A do Campeonato Brasileiro é lá em cima. Todo mundo quer ter a bola, ter o comando do jogo, então a briga fica mais intensa. Se a gente melhorar, não deixar os adversários pensarem, nós vamos ter mais a bola e mais condições para conseguir alguma coisa. Se eles não trabalham, mas a gente sim, a tendência é que possamos ter um resultado positivo.

Apesar do compromisso do Figueira ser com um clube carioca, a partida será realizada no Morumbi. O local do confronto foi assim definido por conta do Maracanã estar sob o controle da FIFA para a Copa do Mundo.

Fonte: Lancenet


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/A-briga-mais-intensa-diz-tecnico-Figueira-sobre-Brasileiro.html

Flamengo pega o lanterna Figueirense em busca da reação.









Dois times passando por uma crise e vivendo momentos delicados na temporada. Esse será o tom do duelo entre Flamengo e Figueirense, que se encontram nesta quinta-feira, às 19h30(de Brasília), no Morumbi, em São Paulo (SP), pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro, que vem de empate sem gols com o Santos, não vence há quatro partidas e soma apenas seis pontos, flertando com a zona de rebaixamento. O Figueira, por sua vez, consegue fazer pior e após a derrota de 1 a 0 para o Goiás, em casa, segura a lanterna com apenas três pontos.

Em um cenário tão negativo, reação tem que ser a palavra de ordem de ambos os lados. Ney Franco, comandante do Flamengo, acredita que a virada pode começar nesta quinta-feira.

"Nós temos condições de começarmos a nossa reação, mesmo atravessando alguns problemas. O grupo tem qualidade e está determinado a ir para o recesso do Campeonato Brasileiro com uma pontuação que nos dê um pouco mais de tranquilidade para trabalharmos na Copa do Mundo. Portanto, esse jogo contra o Figueirense é muito importante", disse Ney.

Reação também é a palavra que mais se ouve no Figueirense, a ponto dos jogadores se reunirem antes dos treinos para ter discussões acaloradas de como superar a crise.

"Nós temos condições de dar a volta por cima e estamos tristes porque o nosso desempenho está muito abaixo do que podemos fazer. Tirando três ou quatro clubes, os elencos estão nivelados, portanto, tenho convicção de que ainda vamos melhorar muito neste Campeonato Brasileiro. Nosso foco neste momento é o jogo contra o Flamengo e esperamos que a nossa reviravolta comece já nesta quinta-feira", disse o experiente zagueiro Marquinhos. Apesar de enfrentar o lanterna da competição, o Flamengo espera problemas, ainda mais em um duelo em campo neutro, já que o Maracanã já está cedido à Fifa por conta da Copa do Mundo.

Fonte: Gazeta Esportiva


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Flamengo-pega-lanterna-Figueirense-busca-reacao.html

VENDER PAULINHO É LOUCURA















Eis que surge a possibilidade do Flamengo vender um jogador para fazer caixa.





E falam em Hernane e Paulinho.





Hernane é um jogador bastante limitado, apesar de ter sido artilheiro do Brasil em 2013.





É mais fácil de substituir. Está aí o Alecsandro que não me deixa mentir.





Agora, vender o Paulinho será mais uma das loucuras de nossa tresloucada diretoria de grandes executivos.







Fica, Paulinho!


É um dos pouquíssimos jogadores do elenco que tem qualidade técnica e sempre pode surpreender comgrandes lances individuais e lançamentos aos companheiros.





Na situação de merda que nos encontramos na tabela do Brasilerão, só mesmo malucos para cogitar essa possibilidade.





Porque não dão um sumiço nos imprestáveis Elano e André Santos, que já deveriam ter abandonado o futebol?





Afinal de contas, o futebol já os abandonou há algum tempo.





Quem deveria sair é o (in)Wallim, um dos piores dirigentes que já vi no Flamengo.





Aliás, por onde ele anda?







SRN

Fonte: http://flamengoeternamente.blogspot.com/2014/05/vender-paulinho-e-loucura.html

Após bom jogo contra Santos, Sartori exalta trabalho de Ney.









Igor Sartori tentando uma lambreta no treino do Flamengo.
Não é de hoje que Ney Franco mostra bons trabalhos quando tem de escalar jovens jogadores nos times que passa. Prova disso é que, no Flamengo, descobriu Renato Augusto, e anos depois foi a vez de fazer Lucas, no São Paulo, jogar o melhor dele até hoje. E esta é uma situação que anima o jovem Igor Sartori, também do Rubro-Negro.

Após entrar muito bem contra o Santos e cruzar bola perfeita para Paulinho perder um gol no último minuto, Sartori diz que a facilidade de Ney Franco em trabalhar com garotos lhe dá um ânimo a mais dentro do Flamengo:

- Ele passa tranquilidade para todo mundo, mas por saber disso de trabalhar com a base ficamos sempre na expectativa. Não só eu como todos os jovens. O jogo do juniores para o profissional é diferente. No sub-20 é bem mais rápido, no profissional é mais lento, mas tem que saber jogar. Tem que saber a hora certa e não ser afobado. Mas isso vai melhoranco com a experiência.

No jogo contra o Santos, Sartori poderia ter se consagrado se Paulinho tivesse completado de maneira correta o cruzamento que ele fez. No entanto, o garoto mostrou bom-humor para falar do lance e revelou brincadeira com o companheiro:

- Foi bom porque era a primeira oportunidade com o Ney Franco, né? Teve o passe para o Paulinho que poderia ter entrado, mas foi legal. Sobre esse lance a gente até brincou depois. Ele disse que se o passe não fosse tão bom, era mais fácil para ele fazer (risos). Se a bola tivesse pipocado ele tinha feito! Mas acontece, ele deu azar e jogou muito bem.

Fonte: Lancenet


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/05/Apos-bom-jogo-contra-Santos-Sartori-exalta-trabalho-Ney.html