terça-feira, 25 de novembro de 2014

"Se eu não chego, o Flamengo cai", diz Luxemburgo.









O técnico Vanderlei Luxemburgo considerou nesta segunda-feira que seu trabalho foi crucial para garantir a permanência do Flamengo na elite do Campeonato Brasileiro. Em entrevista ao programa "Fox Sports Radio", o atual comandante do Rubro-Negro explicitou a situação em que encontrou o elenco:

- Se eu não chego, o Flamengo cai. A equipe estava em uma situação bem complicada, pois não era a última colocação em um time sem peso, era a última colocação em um time com tradição. O termo confusão foi muito bem sacado, porque pesa no clube, sai porrada na torcida, brigas...

Luxemburgo exaltou a maneira como os jogadores corresponderam ao seu trabalho:

- Eu fui bem claro: não temos o melhor time tecnicamente, podemos ser uma equipe competitiva. Suprimos nossa deficiência com compenetração, comprometimento. Os jogadores não são técnicos, mas são muito compenetrados. O trabalho foi muito bem feito.

O treinador pediu para o clube investir mais na adesão de sócio-torcedores:
- O Flamengo tem 40 milhões de torcedores! Pode muito bem superar clubes como o Internacional e o Cruzeiro, se tiver um programa de sócio-torcedor de qualidade.


Fonte: Lancenet


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/11/se-eu-nao-chego-o-flamengo-cai-diz-luxemburgo.html

Flamengo, Corinthians e São Paulo ganham redes sociais.










Redes sociais voltadas para torcedores do Corinthians, do Flamengo e do São Paulo foram lançadas neste mês.

Batizadas de AreaCorinthians, AreaFlamengo e AreaSPFC, elas apostam na dobradinha entre internet e futebol para conquistar usuários.

As três redes sociais têm funções em comum. Nelas, os torcedores podem compartilhar fotos, vídeos e textos, participar de grupos e trocar mensagens. Também é possível criar e ficar sabendo de eventos - como jogos do seu time.

Por trás dos sites, está a Maciv Tecnologias. Além das redes sociais para corintianos, flamenguistas e são-paulinos, a empresa ainda coordena um site voltado para os torcedores do time português Benfica.

Escolha

De acordo com Miguel Souza, diretor executivo da Maciv, o fato de Corinthians e Flamengo terem as duas maiores torcidas do Brasil justificou a escolha dos times pela empresa. Já o São Paulo ganhou sua rede social por ter sido cliente da Maciv em outras ocasiões.

Tanto o AreaCorinthians como o AreaSPFC foram lançados na segunda semana de novembro. Já o AreaFlamengo está no ar desde o último dia 19.

"Os sites são fruto de 20 meses de desenvolvimento e estão indo bem", afirmou Miguel em entrevista a EXAME.com.

Já no primeiro dia de funcionamento, o AreaCorinthians bateu a marca de 2.300 usuários cadastrados. Uma semana depois, havia 5 mil torcedores usando o site.

"Registramos vários cadastros de pessoas da Irlanda, do Japão e da Noruega no site", afirma Souza.

Monitoramento

As redes contam com um sistema de monitoramento baseado em algoritmos e pessoal especializado. Ele serve para evitar que torcidas organizadas marquem brigas por meio dos sites ou que haja outros problemas do tipo.

"Não queremos estar associados às coisas menos positivas que, infelizmente, acompanham o futebol", afirma Souza.

Ele explica que o modelo de negócios dos sites será baseado na venda de espaço publicitário, mas só deve ser implementado no futuro.

"Nosso foco agora está em oferecer um bom serviço, que deixe as pessoas à vontade nos sites", explica o diretor da Maciv.

Até o fim de novembro, Real Madrid e Barcelona devem ganhar suas próprias redes sociais criadas pela Maciv.  A intenção da empresa é criar sites para quatro clubes ingleses até o fim do ano.

"Queremos criar redes sociais para os 20 maiores times do mundo até o fim do segundo trimestre do ano que vem", afirma Souza. 

Apps dos sites para Android, iOS e Windows estão em desenvolvimento, mas ainda não têm previsão de lançamento.


Fonte: Exame


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/11/flamengo-corinthians-e-sao-paulo-ganham-redes-sociais.html

Mexam-se!









Resultados pífios no Brasileiro, em meio à humilhação de duas goleadas para as galinhas mineiras, uma delas que nos custou a desclassificação para as finais da Copa do Brasil 2014. Estamos terminando o ano qual ele transcorreu, com resultados indignos das tradições rubro-negras. Ao invés de se alegrarem com vitórias de Pirro, os bajuladores dessa diretoria, oportunistas cada um do seu jeito, deveriam ter um pouco mais de vergonha na cara, não se contentando com essas migalhas que nos oferecem. Os resultados financeiros não são justificáveis diante das decepções que enfrentamos nesses dois anos. Até concordo com o Luxa, dos poucos acertos e talvez a grande e única sacada dessa gestão. O Pofexô disse que a conquista da Copa do Brasil esse ano iria mascarar o que não foi bom. Corretíssimo. Foi o ocorrido em 2013. Ganhamos o título na força da torcida e os carecas se consideraram a quintessência do futebol e foram acometidos da miopia dos pequenos que se julgam enormes. Nossos bolsos de vitórias estão vazios. Todos.

É comum a mesma cartolada que passa a sacolinha sofrer de amnésia e/ou tentar engambelar a torcida com factóides a cada resultado ruim no futebol. Trata-se de artimanha antiga e amadora, uma espécie de analgésico prescrito para quem teve a cabeça decepada. Enquanto isso o basquete ganha tudo possível e imaginável, leva o nome do Flamengo para o mundo e os salários atrasam. Gostaria que esses gênios da lâmpada azul, em quem depositei a confiança do meu voto, diga-se de passagem, tenham pelo menos 10% da criatividade autoapregoada antes de se elegerem. Dediquem um pouco mais de seus preciosos tempos e de suas empáfias ao Flamengo, buscando oferecer à Imensa Nação Rubro-Negra algo no mínimo aceitável em 2015. Escapar para Brasília, Manaus e São Luís, onde os saudosos torcedores locais estão sequiosos para ver a camisa do Mais Querido, não importa quem a vista, não resolve o nosso problema. Precisamos de mais qualidade. Não muita, alguma. Até quando contarão com a Magnética e com a força de nossos padrinhos poderosos do outro plano. São Judas Tadeu, por exemplo já se mostra desgastado, entra ano, sai ano. Só no caso do André Santos, por exemplo, ele e o Chefe se desdobraram para evitar o pior.

Esse coração envelhecido, acostumado a glórias como a da Libertadores e a do Mundial em 1981, merece sonhar com algo parecido antes de parar de bater de súbito com a imagem dantesca do Elton vestindo o Manto Sagrado. Chega a ser uma agressão ver inúmeros contratados pela atual administração para representarem tão mal um clube de tantas conquistas inesquecíveis. Eu diria mesmo uma heresia, uma desfaçatez, uma insensibilidade. O argumento de pagamento de dívidas carece de fundamentação, bastando analisar os custos das folhas de antes e de agora. O que falta não é dinheiro, falta competência, inspiração, conhecimento de causa. Se arquibancadas e diplomas resolvessem essa equação, disporíamos de centenas de milhares de pretensos salvadores da pátria rubro-negra, mesmo com superegos. Nessa fase do ano já há projetos bem adiantados para o ano seguinte. Faria muito bem, além da passada de sacolinha, uma passadinha na Toca da Raposa, com a humildade que os nossos dirigentes não têm.

Ajam como preferirem, mas MEXAM-SE! Façam jus à responsabilidade assumida com 40 milhões de abnegados e apaixonados rubro-negros. Economizem com campanhas que ligam para mim para me lembrar das eleições do próximo oito de dezembro. Invistam em algo mais produtivo, mantenham um olho no padre e o outro na missa. Não adianta apenas correr a sacolinha pelos fiéis. Tratem de apresentar os milagres, materializem sonhos, curem as nossas doenças de paixão. Providenciem que andem os coxos até os estádios, oferecendo melhores espetáculos. Foram dois anos de sacolinhas e sermões de STs. Nossa força é conhecida e comprovada. Movemos montanhas, estádios e resultados. Chega de "ao vosso reino". Passou da hora do "venha a nós".

alexandrecpf@magiarubronegra.com.br
TWITTER: @alexandrecpf


Fonte: Magia Rubro-Negra


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/11/mexam-se.html

Férias antecipadas? Tá de sacanagem!









Leio o técnico do Flamengo, aquele que passou o campeonato nivelando o objetivo do time por baixo para se livrar do rebaixamento, dizendo que não tem como motivar os jogadores que ganham, muitos, dezenas de milhares de reais porque eles já cumpriram o objetivo e o Flamengo não tem mais o que fazer no campeonato. Fiquei imaginando a satisfação de um torcedor do Maranhão, que pagou ingresso e deve ter enfrentado perrengue para ver esse jogo.

Agora mesmo estou imaginando em como o Flamengo se vende 'bem' e como deve estar satisfeita a empresa que comprou o jogo em Manaus quando ouviu o Luxemburgo falar em escalar time reserva, de novo. As vendas dos ingressos já estão lentas. Imagina com a divulgação de uma notícia dessa... Flamengo vende bem o seu produto para os parceiros, né?

Motivação é a palavra da vez e tem sido usada para justificar a vergonha que foi o desempenho do Flamengo contra o Sport e Criciúma.  Quero acreditar que nem toda vergonha tenha a motivação como desculpa. Quero acreditar que a vergonha de levar três gols contra o Atlético Mineiro numa semifinal de campeonato de nível nacional em 35 minutos não tenha sido por falta de motivação. Quero acreditar que a falta de motivação não está sendo cortina para a incompetência de se jogar sério.

O que motiva o cara sair de casa as 4 horas da manhã para trabalhar e voltar as 11 da noite, depois de enfrentar sei lá quantos meios de transportes?  O que te motiva a fazer a coisa certa, terminar o relatório na hora, fazer o que o chefe manda?  Será que é mesmo motivação que falta aos jogadores do Flamengo?

Dar férias antecipadas aos jogadores é um prêmio à incompetência deles dentro de campo. Incompetência que arranha a imagem do Flamengo. Principalmente para os seus próprios torcedores.

Saudações!


Fonte: Primeiro Penta


SRN

Fonte: http://www.noticiasfla.com.br/2014/11/ferias-antecipadas-ta-de-sacanagem.html